Voltando aos nossos artigos sobre entrega IRS 2012, neste artigo vamos abordar questões relacionadas com os contratos de arrendamento, tanto na óptica do inquilino como na óptica do senhorio.

Antes de mais, convêm ter presente que tanto os senhorios como os inquilinos só poderão mencionar as rendas auferidas ou suportadas caso tenham entregue o contrato nos serviços de finanças.

Se tal se verificar tanto o inquilino tem de declarar o total das rendas suportadas no anexo H como o senhorio terá que preencher o anexo F.

DO PONTO DE VISTA DO INQUILINO

As rendas suportadas pelo inquilino podem deduzir à colecta 30% do valor total das rendas desde que tenham arrendado uma casa de habitação própria permanente até 591 euros.

Para que tal seja possível deve o inquilino reunir todos os recibos de pagamento de rendas e colocar o valor total das mesmas no anexo H, quadro 7 com o código 732 identificando o senhorio com o número de contribuinte.

Entrega IRS 2012 Arrendamento Anexo H

DO PONTO DE VISTA DO SENHORIO

Os rendimentos de rendas tem que ser declarados pelo senhorio no anexo F, quadro 4 colocando um imóvel em cada linha bem como eventuais encargos  com a manutenção e conservação do imóvel desde que devidamente comprovadas.

Entrega IRS 2012 Arrendamento Anexo F

Os encargos aceites como deduções especificas são os seguintes;

  • Segurança do imóvel, gastos com porteiros e limpezas;
  • Pinturas, eletricidade e manutenção de elevadores, canalizações, taxas autárquicas;
  • Imposto Municipal sobre imóveis;

Até já…

Partilhar Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone